Sozinha com o primo – Contos Eroticos

Usarei o nome fictício de Emily. Tenho 1,68, tenho seios fartos e faço exercícios regularmente para manter a forma, mas nada exagerado.
Este é o quarto conto que envio das férias que tive diversas transas com meu primo.

Um dia, acordamos e nossos pais não estavam na casa. Havia um bilhetinho na mesa da cozinha que dizia que saíram cedo para uma corrida que teria na orla e iriam chegar só pelo final da tarde. Eles sabiam que odiavamos esse tipo de programa, então nem se incomodaram de nos acordar.
Me pergunto se eles soubessem as coisas que andamos aprontando, será que nos deixariam dormindo? Hahahaha

Almoçamos e pela parte da tarde começou a bater aquela safadeza de novo. Lembramos da noite em que escutamos nossos pais fodendo e ele disse “não te daria tesão de transar na mesma cama que eles?”

Eu nem sequer havia pensado naquela possibilidade, mas em questão de segundos aquilo era tudo o que eu conseguia pensar. Tirei a calcinha por baixo do vestido e a joguei na cara dele, indo em direção às escadas. Ele vinha por trás e eu levantei o vestido para que ele vissem bem a minha bunda empinada na frente dele e me deu um tapa, me chamando de safada.
O primeiro quarto foi o dos meus pais. Tiramos nossas roupas sem cerimônia e nos deitamos na cama, eu por cima dele, nos beijando e eu rebolando encostando minha bucetinha no pau dele.
E ia sentindo ele ficar duro enquanto eu roçava nele. Eu então me ajeitei e sentei na boca dele e ele me chupou toda. E que delícia a sensação de estar sentada na cara do meu primo gostoso. Ele me chupava cada vez melhor e sua língua fazia coisas incríveis comigo.
“Que delícia, primo. Você me deixa louca”

Ele me colocou de lado e enfiou em mim, segurando minha perna para me deixar aberta. “Geme pra mim, safada. Geme gostoso pro teu primo.
” Eu gemia sem preocupação e me deliciava com aquele pau em mim. Ele tocou o meu grelo, me fazendo gemer ainda mais.

Ele saiu para ficar por cima de mim e eu envolvi a sua cintura com minhas pernas. Ele enfiava fundo em mim e eu gemia bem no seu ouvido. Gozamos juntos.
Nos recuperamos e fomos para o quarto dos pais dele. Nos deparamos com uma penteadeira que tinha um grande espelho e que ficava de frente pra cama. Ele sentou na cama e tirou a camisinha usada, mas antes que pudesse colocar a nova, eu caí de boca no pau gozado dele. Ainda tinha um gostinho de porra. Aquela era a primeira vez que eu provava a porra do meu primo e eu tinha adorado.
A boca dele abriu em um gemido quando eu comecei a chupar o pau dele sem camisinha e jogou a cabeça para trás.
Puta merda que gostoso”, ele gemeu.
Ele deitou na cama e botou a camisinha. Sentei nele de costas pra ele e observei bem a visão pelo espelho enquanto eu rebolava no pau dele ele conseguia ver também e estava louco por ter as duas visões: a minha de costas, com a minha bunda quicando em cima dele, e a minha no espelho.
Ele apertava a minha bunda com força e segurava meu quadril. Parei de quicar para rebolar no pau dele e gemi de tesão.
“Seu pau é tão gostoso dentro de mim.” Ele segurou meu quadril e me fodeu com força.
Ele me botou de quatro de frente pro espelho para ver o meu rosto gemendo enquanto ele enfiava fundo em mim. Ele segurava meus cabelos para eu não abaixar a cabeça e me fodia cada vez mais rápido e profundo. “Isso safada, geme pra mim. Geme até gozar no meu pau, vai. Que linda você fica gemendo assim.” Ele me deu tapas na bunda e continuou naquele mesmo ritmo delicioso.
Gozamos juntos e ele dava mais umas estocadas para a porra sair toda. Dessa vez eu não peguei da porra dele, mas me depois me arrependi, então preparei para que pudesse pegar muita porra na próxima vez.
Beijos e até a próxima história das férias com meu primo.

1 comentário em “Sozinha com o primo – Contos Eroticos”

  1. Vc que é safadinha vamos gozar gostoso , adiciona meu face, me chamo carlos Gomes comedor jp , tem um lobo no perfil com a chapeuzinho vermelho em uma moto , adiciona meu face e vamos brincar gostoso safadinhas que querem ficar com a bucetinha gozadinha

Deixe uma resposta