Eu minha tia temos um relacionamento incestuoso

Antes de começar irei apresentar a mim e minha tia, tenho hoje 20 anos, corpo atlético e aparência de surfista. Minha tia tem 35, morena com uma bunda e peitos grandes e um rostinho lindo

 

Tudo começou quando eu tinha 15 anos e estávamos no aniversário da minha avó (mãe dela) em um salão de festas aqui da nossa cidade, eu tinha ido ao banheiro para fazer xixi, e notei que minha tia (já tinha um tesão nela) estava conversando com uma amiga dela, quando ouvi ela dizer que eu estava muito gostoso e que a atenção que eu dava para ela deixava ela com muito tesão, ela não notou que eu tinha ido ao banheiro e então n percebeu que eu havia escutado tudo.

Fiquei maluco quando ouvi isso e notei que realmente ela me olhava com um jeito diferente, começou a tocar algumas músicas e eu não podia desperdiçar a oportunidade, chamei ela para dançar e dançamos até altas horas, até que ela perguntou para minha mãe se eu podia dormir na casa dela, pois ela iria precisar de ajuda na manhã seguinte, minha mãe aceitou e fomos para a casa dela

Quando íamos descer do carro dela, falei que havia escutado o que ela tinha dito para a amiga, ela me olhou e disse, “Henrique (nome fictício para preservar nossa privacidade), realmente tu além de lindo me dá a atenção que até agora nenhum namorado me deu” e começou a me beijar
Eu n me prendi e já coloquei a minha mão dentro da saia dela, ela me disse para descermos e terminarmos o serviço dentro de casa na cama dela
Foi nossa primeira vez, ela começou chupando meu pau e me olhando com aquele rostinho de safada q ela tem até hoje, depois não me segurei e disse “tia, preciso te comer agora”, ela disse “então vem seu gostoso, vem e me dá esse pau grande que você tem, da pra sua titia da” nossa aquilo me deixou louco

Transamos com ela implorando pela minha pica e eu estocava naquela buceta maravilhosa que até hoje me possui e ela gemendo gostoso até que falei “tia n aguento mais, preciso gozar”, ela respondeu “goza dentro da minha buceta, quero muito me sentir preenchida pelo meu sobrinho tesudo”, ela tomava pílula então gozei sem medo

Dormimos abraçadinhos como 2 amantes, uns meses depois não tivemos mais como esconder e contamos para nossa família sobre nosso caso, mas apenas minha família e alguns poucos amigos sabem, quando estamos na nossa cidade gostamos de manter segredo, porém quando viajamos gostamos de agir como 2 namorado, andamos de mãos dadas, nós chamamos de apelidos carinhosos e claro, transamos muito.
Nossas viagens ela me apresenta como seu namorado e isso me enche de tesão, e realmente somos um casal já que nem ela é nem eu arrumamos uma parceria, ela me completa e eu completo ela

Essa foi um pouco da nossa história que hoje dura 5 anos, se quiserem saber mais, a gente conta mais algumas viagens que fizemos, gostamos muito de ver gente que também faz incesto já que consideramos justa toda forma de amor e quebraremos esse tabu que ainda existe

Deixe uma resposta