Putinha do meu primo

Oi meu nome é Felipe, tenho 22 anos, e a história que vou contar aconteceu quando tinha 15 anos.

Nas férias de julho, pedi para minha mãe para passar as férias na casa da minha tia, já que eu morava no interior e ela morava no centro da cidade, minha mãe falou com minha tia e eu fui.

Eu não era muito chegado a conversar com meu primo, ele era filho único e também mais velho que eu, eu tinha 15 e ele 19, por mais que ele fosse muito bonito, corpo sarado, eu sempre evitei demonstrar interesse, pois tinha receio do que a família iria pensar e até ele mesmo, pois não sabia se ele se quer gostava.

Fiquei dormindo em seu quarto, tinha uma cama beliche, eu dormia em cima e ele em baixo, toda noite ele dormia apenas de cueca, eu olhava discretamente, tinha um volume que parecia ser pauzudo. Mas no terceiro dia aconteceu algo que eu me assustei, estava eu deitado, e do nada ele coloca a mão na lateral do beliche, procurando me tocar, fingi que estava dormindo enquanto ele pegava em minha bunda.

No outro dia ele já me olhava diferente, sentava mais perto de mim, parecia mais íntimo, e a noite ele perguntou se eu queria jogar um jogo no celular dele e pediu para deitar na cama dele, lá fui eu já esperando outra coisa é não o jogo, quando deitei ele já estava de pau duro, videi a bunda para ele e ele começou a roçar o pau babão, forçando para entrar, mas eu era muito apertadinho, paramos por ali.

No outro dia ele me chamou novamente, mas aí não foi para jogar, ele cochichou em meu ouvido pedindo para mamar ele, fui com sede ao pote, mamei aquele pau gostoso, que tinha uns 19cm grosso e veiudo, até que ele me puxou e começou a me beijar, passando o dedo em meu cuzinho, e enfiando o mesmo, eu tava querendo muito dar e estava relaxado, nisso ele pediu para mim sentar no pau dele, fiz o que ele pediu, fui de vagarinho até entrar tudo, fiquei cavalgando de vagar até ele pedir pra me comer de ladinho, minha posição favorita, ele metia e me apertava tão gostoso que gozei sem pegar no pau. Ele continuou metendo por mais uns dez minutos e falou que ia gozar dentro, e e tava doido pra receber leite, ele logo gozou e ficou abraçado até o pau ficar mole e sair, depois ele falou pra fazer silêncio e ir tomar uma ducha com ele, lá fui eu, ele todo safadinho, trocamos mais uns beijos, depois fomos dormir. Depois desse dia fodemos todas as noites até eu voltar para casa.

Leia mais contos eroticos

Compartilhe com seus amigos:

3 comentários em “Putinha do meu primo”

  1. O meu filho é uma putinha do meu sobrinho… quando eu vi pela primeira vez… Eu não disse nada.. depois novamente. Eu pensei que fosse coisa da idade deles.. o meu filho é uma putinha maravilhosa mesmo.. o pau do meu sobrinho é grande é bem grosssinho o ku do meu filho ja é faminto tava olhando ele aguenta toda … o meu sobrinho safado gostoso putinho mete gostoso de mas

    1. Me dá o telefone do seu sobrinho pra mim vai.sou um coroa muito legal de São Paulo. Adoro um cuzinho apertadinho viu.zap 11934060790.bjoss

Deixe uma resposta